NUK


NUK. Understandig Life.

Preparar o corpo

Seis dicas para aumentar a fertilidade.

Exercício Físico

Regra geral, quanto mais saudáveis você e o seu parceiro forem, rapidamente verá o seu desejo de engravidar concretizado. Por isso, prescrevemos a prática regular de desporto para preparar o seu corpo. Jogging, ciclismo ou natação são excelentes desportos para estimular uma boa circulação sanguínea e reduzir o stress, aumentando a sua fertilidade. A prática de ginástica e uma boa condição física vai também ajudá-la a ultrapassar os "pesados" meses da gravidez.

Alimentação Saudável

Alimentos com baixo teor de gordura e altamente nutritivos são sempre bons para o corpo, mas são particularmente importantes para apoiar o sistema reprodutivo. A maioria dos nutrientes que o nosso corpo necessita encontram-se numa dieta equilibrada, como vitaminas e minerais nas frutas frescas, saladas e legumes ou de cálcio no arroz, iogurte e sumo de laranja. O ferro também é importante para o suprimento de oxigénio no sangue (carne vermelha, legumes, pão integral), bem como de iodo para a função da tiroide (peixe ou kiwi).

Uma alimentação saudável também ajuda a aumentar a qualidade dos espermatozoides. O seu parceiro pode contribuir, certificando-se de que consome grandes quantidades de vitamina C, E e B12. Isto provavelmente não vai implicar quaisquer alterações no seu estilo de vida, uma vez que estas três vitaminas podem ser encontradas em vários tipos de alimentos.

Ácido Fólico

Previna uma possível falta de ácido fólico. O ácido fólico é uma vitamina B, que suporta os processos metabólicos, tais como os celulares e a renovação das células vermelhas do sangue. Está provado que o ácido fólico ajuda a promover a fertilidade e pode ser encontrado em alimentos como o espinafre, tomate e a beterraba. No entanto, comer apenas estes alimentos não vai lhe dar todo o ácido fólico necessário para a sua gravidez. O seu corpo vai precisar de muito ácido fólico durante os primeiros três meses de gravidez, por isso converse cedo com o seu médico, para que ele possa recomendar-lhe os suplementos de ácido fólico adequados.

O método de medição da temperatura

Quanto mais familiarizada estiver com o seu ciclo menstrual, maior será a precisão com que será capaz de determinar os seus dias mais férteis. Meça a sua temperatura todas as manhãs, ao acordar. O aumento significativo da temperatura significa que se encontra no período de ovulação e, que é boa altura para engravidar. Se continuar a monitorizar a sua temperatura ao longo de alguns ciclos menstruais, será capaz de prever com bastante exatidão a data da sua próxima ovulação. O melhor período para engravidar é nas horas seguintes, ou seja, nas primeiras horas após a ovulação. E se, o aumento da temperatura se mantiver por mais de 18 dias no mês seguinte, muito provavelmente está grávida. Se for o seu caso, Parabéns!

Calendário da Fertilidade permite-lhe de forma fácil calcular os seus dias mais férteis.*: calendário da fertilidade.

 

* Nota: O Calendário da Fertilidade é baseado na média simples. Não aconselhamos este cálculo como método de contraceção. Se o seu ciclo for curto, ou excecionalmente longo, deve falar com o seu ginecologista.

Exames médicos

É sempre melhor realizar exames médicos com regularidade – especialmente, se após algumas tentativas, estiver com dificuldades de engravidar. Essa situação, às vezes pode dever-se a razões médicas que podem ser facilmente tratadas. É aconselhável que também o seu parceiro faça um check-up. Idealmente, deve ser feita uma recolha e análise ao sangue de ambos. Os resultados irão permitir verificar se os níveis hormonais estão equilibrados, ou se, por exemplo, os níveis de metais pesados presentes no corpo estão muito altos, reduzindo assim a fertilidade.

Práticas de relaxamento

Para engravidar, o que você precisa acima de tudo, é de tempo e diversão com o seu parceiro. E se não resultar de imediato, não se preocupe. Está provado que uma relação apaixonada e romântica é muito mais “eficaz”, do que conceber com base "no calendário", em que ambos estão sob pressão. Para cerca de 75 por cento dos casais, a possibilidade de engravidar pode acontecer no espaço de um ano. E este número aumenta para 90 por cento no espaço de dois anos.* Portanto, as probabilidades de ficar com uma barriguinha de grávida são elevadas.

* Fonte: AG Qualimedic.com