NUK



        „Confiamos na
                   natureza.“

NUK. Understanding Life.

Tudo sobre amamamentação – nutrição com amor

Anticorpos, vitaminas, oligoelementos - e muito amor: o leite materno tem tudo o que seu filho precisa para um desenvolvimento saudável nos primeiros meses de vida. É por isso que, juntamente com outros auxiliares de amamentação, desenvolvemos bombas tira-leite para simplificar sua rotina diária, para ajudar a aliviar problemas de amamentação. Reunimos de seguida os conceitos básicos sobre o tema.

Tomar a decisão certa

Amamentar – sim ou não? Ouça o que o seu corpo lhe diz

Tomar a decisão certa

Parteiras, especialistas em lactação e médicos concordam: o aleitamento materno é o melhor para o seu filho. É natural para ambos. Quase todas as mulheres podem amamentar. A prática demonstra que quanto mais uma mãe souber sobre o processo em si, e estiver preparada, melhor sucedida será na amamentação do bebé.

 

No entanto, existem múltiplas razões para não amamentar. E se assim for, a única coisa que importa é a sua decisão e não deve deixar-se afetar pela opinião de outros. Amamentando ou não, se estiver confortável e confiante, vai sentir sempre uma intensa proximidade com o seu bebé.

 

A Equipa de Especialistas NUK responde em vídeo às suas dúvidas sobre o tópico.

Todos os benefícios da amamentação

O porquê de a amamentação dar o melhor começo de vida

Todos os benefícios da amamentação

O leite materno contém tudo o que o bebé precisa nos primeiros meses de vida - exatamente na quantidade certa e composição, sempre disponível e completamente gratuito.

Nenhum outro alimento para bebé oferece o mesmo nível de proteção contra infeções e doenças. Os estudos demonstram: os bebés amamentados sofrem significativamente menos otites, diarreia, ou infeções respiratórias e urinárias. São também menos suscetíveis a certas doenças na idade adulta, tais como algumas doenças intestinais ou diabetes.

O ato de sucção durante a amamentação ajuda a fortalecer os músculos da boca do seu bebé e ajuda o desenvolvimento do maxilar. Este "treino" é como uma formação com resultados positivos durante as últimas etapas de desenvolvimento, quando o bebé começa a comer alimentos sólidos bem como durante o desenvolvimento da fala.

Se amamentar o seu bebé nos primeiros seis meses, pode reduzir o risco de alergias em até 50 por cento. O mais importante é garantir que não entram proteínas estranhas no intestino do seu bebé - como é o caso dos alimentos feitos à base de leite de vaca.

A amamentação faz maravilhas para a sua alma. Pode relaxar e reabastecer energias. Desde a primeira amamentação que o seu corpo liberta grandes quantidades de hormonas, o que torna os sentimentos maternos ainda mais fortes.

A sua saúde também beneficia: amamentar o seu bebé regularmente desde cedo, reduz o risco de infeções e hemorragias após o parto. E o risco de cancro da mama também é reduzido.

Como funciona a Amamentação

Siga as suas regras

Como funciona a Amamentação

Assim que o bebé se alimenta do seu peito após o nascimento, as glândulas mamárias começam a trabalhar. Uma hormona estimula a preparação do leite materno, enquanto a outra faz com que o leite seja libertado. O seu corpo produz a quantidade certa de leite, na temperatura ideal.

Se quer amamentar por mais tempo, não adicione qualquer outro alimento na dieta do seu bebé - não se preocupe mesmo que em determinados momentos o seu bebé não mame o habitual. O seu bebé sabe exatamente quando e quanto leite materno necessita para crescer grande e forte. As glândulas mamárias irão reagir imediatamente. Ao terceiro dia, o mais tardar, o seu peito irá produzir menos leite. E o mesmo também se aplica no cenário oposto; quando o seu bebé cresce, e quer mais leite, a quantidade de leite disponível no seu peito aumenta em conformidade. Como o seu bebé mama mais, e com mais frequência, as suas glândulas mamárias produzem mais leite para atender a esse aumento.

Coisas que deve sempre lembrar-se quando estiver a amamentar: o seu bebé alimenta-se de tudo o que a mãe se alimenta. Evite o álcool, cigarros, medicamentos. Deve, portanto, evitar qualquer coisa que possa prejudicar a sua saúde - especialmente as dietas com toxinas que possam entrar no leite materno. Permita-se comer a quantidade que entender. Certifique-se, no entanto, que come uma dieta variada e saudável, composta de frutas e legumes, bem como produtos lácteos, ovos, carne e peixe. Mas esteja preparada: Mesmo os alimentos saudáveis podem ter efeitos colaterais desagradáveis. As laranjas podem causar em alguns bebés rabinhos doridos, e o alho, legumes, repolho e até alimentos integrais podem causar flatulência grave.

A equipa de especialistas NUK está à disposição para responder a todas as suas perguntas sobre os diversos temas na secção vídeos.